A Filosofia, a Ética e as Virtudes no HOMEM do Terceiro Milênio

By Comunicacão FAPPES 3 anos ago

“A Filosofia, a Ética e as Virtudes no HOMEM do Terceiro Milênio”

No limiar do novo milênio, já avançando para completar a segunda década do Século XXI, a necessidade de se encontrar oportunidades para difundir a Filosofia e a Ética, como canais que fazem o homem parar para “pensar em pensar”, nos faz despertar para a reflexão sobre nossos atos e ações, tornando essa difusão cada vez mais necessária, desde as bases da educação de berço, na célula mater da sociedade, a família, até os bancos acadêmicos e assim também na vida pessoal e profissional de cada indivíduo.

Podemos dizer que essa busca de oportunidade é um objetivo que nos impulsiona ao entendimento e ao desenvolvimento, com o propósito de nos tornarmos pessoas virtuosas, pessoas melhores.

A Filosofia tem o seu papel há mais de 2.500 anos, nos trás 4 VIRTUDES Platônicas, traduzidas pela busca incessante do Homem em viver bem consigo mesmo, com seu próximo e com a natureza.

Miremos Platão, filósofo e matemático grego que viveu em Atenas de 428 à 427 a.C, fundador da Academia em Atenas, que se tornou a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental, foi ele quem ajudou a construir os alicerces da filosofia natural, da ciência e da filosofia ocidental. Expirado em Platão trago à reflexão, dentre os seus pensamentos e temas, as VIRTUDES. Platão divide as VIRTUDES em 4 temas: a Sabedoria, a Coragem, a Temperança e a Justiça. E dentro destes temas, se podemos auxiliar no trabalho de buscar a FELICIDADE e difundi-la, não devemos nos omitir, nem tão pouco negligenciar.

Creio que esse novo período que se iniciou com a virada do ano 2.000, o Homem, como SER Humano, como indivíduo, vem procurando entender mais e mais tais “Virtudes”, procurando discutir e perpetuar, principalmente em fóruns especiais, estes preceitos platônicos.

Imbuído nesse espírito, nada mais agradável difundir mensagens de conscientização dessas Virtudes, estimulando o pensamento e a reflexão sem no entanto ser tendencioso, mas bastante autêntico e verdadeiro.

Quer aceitemos ou não as Virtudes Platônicas estão entre nós, permeando o pensamento do Homem, independentemente de seu nível social e cultural, indistintamente de seu credo religioso, sem segredos.

É exatamente aí que nós teremos que cumprir nosso papel sócio-cultural, difundindo mensagens, ideias novas, de autores novos, nossas próprias ideias e, consequentemente, cada vez mais, auxiliando na formação da opinião das pessoas, tornando-as cada vez mais conscientes de seu propósito maior do viver bem, viver o belo, sem maldade, visando a equidade, ou seja, fazendo a Justiça natural, reconhecendo imparcialmente o direito do outro, a liberdade, proclamando a IGUALDADE, a JUSTIÇA, com retidão e guardando os princípios ÉTICOS e MORAIS.

Certa feita, fruto de uma de minhas pesquisas, um amigo fez chegar as minhas mãos um texto comentado referenciando Charles Webster Leadbeater, sacerdote da Igreja Anglicana e Bispo da Igreja Católica Liberal, escritor, orador, maçom e uma das mais influentes personalidades da Sociedade Teosófica, estudioso de assuntos esotéricos e ocultistas,  que a respeito do seulivro “O Lado Oculto das Coisas”. (nota minha – permita-me, por analogia, dizer: O Lado Oculto do RAZÃO e DO CONHECIMENTO), fazia o seguinte comentário:

“Uma pessoa lê um livro, deixa-o de lado e talvez o esqueça; mas o livro permanece ali em sua mesa ou em sua estante, e continua a irradiar no local uma forte influência. Se um livro nos faz bem, sua influência geralmente continuará sendo boa, mas pode acontecer que já a tenhamos superado e então sua influência valerá talvez como uma espécie de retardamento”.

Com base no comentário de C.W. Leadbeater, coloco em afirmação que a Filosofia, a Ética e as Virtudes, assim como um livro é sem dúvida nenhuma como muitos já existentes, carrega ao longo dos tempos uma energia, um programa de ação e reação que move o Homem em direção a reflexão, de uma forma direta e prática, sem, no entanto, causar-lhe qualquer retardamento, uma vez que a medida que o conteúdo filosófico é interiorizado, como num livro, por analogia podemos afirmar que a obra atingiu seu principal objetivo e pode ainda ser lido e relido, para cada vez mais fortalecer o entendimento e mostrar sempre um prisma novo desse entendimento.

Assim é a Filosofia e seus filósofos, assim é como devemos refletir sobre a Ética e a Moral, pautados na VIRTUDE do Homem. Estas nos ensinam a pensar no que as Virtudes do Homem podem na medida de sua utilização, fortalecer o conhecimento com Sabedoria, a buscar do entendimento do ser humano com Coragem, procurando entender a Temperança do ser e por fim fazer a Justiça com equanimidade para todos.

Observo ainda que à medida que o Homem utiliza a razão e a emoções de modo a se fundirem em suas ações, procura-se atingir, de uma forma objetiva, a consciência do ser no sentido do pensamento, da reflexão, ao mesmo tempo em que busca animá-lo e colocá-lo em posição pro-ativa, para buscar mais e mais o conhecimento diante das diversas situações da sua vida.

Através do otimismo, positivismo e acima de tudo do despertar de consciência nas pessoas é que moveremos o aprendizado com sabedoria.

As pessoas têm de aprender a ouvir a voz da RAZÃO, têm de liberar esse sentimento nato, latente de seus corações e cada vez mais melhorar com sua presença, os lugares por onde passam e as pessoas com quem se relacionam. Um Homem de Virtudes é um Homem Ético e de princípios morais.

A vida é o dom gratuito que a Natureza, que DEUS nos deu, então, devemos vivê-la através de todos os sentidos e trazer nossa mente, quando necessário, ao lugar do CORAÇÃO, praticando VIRTUDES, com racionalidade, visando sempre um mundo melhor, equilibrado, sem desvios e mais justo.

Seja feliz, seja ética, filosofe, pois filosofar faz bem e nos faz pessoas melhores.

Não desista de melhorar sempre, de forma incessante, de forma continua, pois você é o Homem Virtuoso do terceiro milênio.

 

Professor Ronaldo Boldrini é especialista em Licitações e Contratos Administrativos

Category:
  Sem categoria
this post was shared 0 times
 000
About

 Comunicacão FAPPES

  (198 articles)

Um Comentário

Comente

Your email address will not be published.