Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior - 0800 730 7766

Pode falar a verdade: você já chorou vendo o Woody ser trocado pelo Buzz Lightyear em Toy Story, já desejou poder entender os pensamentos de seu cão, como em Up – Altas Aventuras e já falou “baleiês” junto com Dory, em Procurando Nemo. Os filmes da Pixar são mesmo muito divertidos e emocionantes.

Mas eles também são — e você talvez nem tenha percebido — ótimas lições para quem deseja aguçar o espírito empreendedor e pensar de forma mais criativa. No livro Criatividade S.A., Ed Catmull, CEO da produtora, revela diversos pontos-chave da empresa que podem ser aplicados por outros negócios.

Se você tem vontade de se lançar no empreendedorismo e deseja pensar mais fora da caixa, fique ligado! Este post é para você!

Pense grande, mesmo sendo pequeno

Em Vida de Inseto, o formigueiro onde vive a atrapalhada formiga Flick está ameaçado por um bando de gafanhotos que querem metade de sua produção em tempo recorde.

Em vez de se conformar com seu destino triste, Flick resolve bolar um plano para enfrentar os opressores. Ele se alia a uma trupe de insetos de circo — um grupo improvável de conseguir chegar ao objetivo. Mas no fim, todas as formigas trabalham juntas e conseguem se livrar dos gafanhotos valentões e aproveitadores.

Você pode tirar várias lições desse filme. Mas talvez a maior delas seja o fato de que você tem potencial para alcançar grandes objetivos, independentemente de qual seja o seu tamanho. Mesmo se a sua empresa for uma startup de poucos funcionários, pense grande. Você consegue!

O poder da criação coletiva e da multidisciplinaridade

Essa lição está presente em mais de um filme da Pixar. Vida de inseto é um deles, mas ela também está presente em Toy Story, principalmente no terceiro filme.

Já adolescente, o menino Andy se prepara para doar seus brinquedos, que o acompanharam por tantos anos. É assim que Woody, Buzz, Sr. Cabeça de Batata, Slinky e os outros brinquedos se veem em uma creche, junto com outros brinquedos que já tiveram melhores dias. Eles se unem para planejar uma grande fuga. O plano só é possível porque eles atuam coletivamente e fazem uso das habilidades específicas de cada um para conquistar o objetivo.

Essa lição faz parte também do dia a dia de trabalho da Pixar. Em seu livro, Catmull afirma: entregue uma boa ideia a uma equipe medíocre, e eles vão estragá-la. Mas se você der uma ideia ruim a uma equipe sensacional, eles vão melhorá-la ou criar uma solução alternativa.

Isso acontece porque, na Pixar, todos são incentivados a dar feedbacks 100% honestos sobre as ideias e as etapas do processo, mesmo se esse retorno for para dizer “está uma porcaria”.

Melhor ouvir isso de um colega de trabalho do que do público, depois que o produto for lançado, certo? Dessa forma, eles têm um processo constante de aprimoramento dos filmes. E o resultado nós já sabemos: sucesso estrondoso após sucesso estrondoso.

Foque na solução, não no problema

Procurando Nemo é um dos maiores xodós da Pixar. Além de seu sucesso extraordinário, que levou até a uma continuação, o filme pode ser desdobrado em diversas camadas, revelando lições muito importantes para a vida pessoal e profissional.

Uma delas é o mindset na solução de problemas. Ao perceber que seu filho único havia desaparecido, Marlin poderia ter começado um rosário infinito de lamentações. Mas, se você viu o filme, sabe bem que não é isso que ele faz. Mesmo tendo quatro oceanos onde procurar, ele resolve não entregar os pontos e ir atrás de seu filhinho.

O que esse filme nos mostra é que, não importa quão grande seja o seu problema, a única possibilidade de ele ser resolvido é se você fizer alguma coisa para isso. Portanto, é melhor começar logo, ter em mente que será uma tarefa árdua e não se deixar intimidar por isso.

Nem sempre dá para ficar seguro

O rato Rémy, de Ratatouille tinha o sonho de ser um grande chef de cozinha. Mas, para isso, ele teria que deixar a segurança dos esgotos e enfrentar a vida na superfície da terra, lidando com ameaças como gatos, carros e os temíveis humanos.

Se ele tivesse optado por permanecer onde era mais seguro, não teria aberto seu bistrô, que virou um sucesso em Paris. E isso nos mostra que tomar riscos é importante. Aliás, no mundo do empreendedorismo, é vital. Se você tem ou está pensando em abrir uma startup, isso tem ainda mais relevância, pois você terá que inovar sempre.

Toda inovação é um processo de ruptura, já que você precisa quebrar o vínculo com o que já está estabelecido para dar lugar a algo novo. É a velha história: não se faz um omelete sem quebrar os ovos. E, claro, muitas coisas podem dar errado no meio desse caminho. Mas o importante é ter em mente que, se tentar, pode dar errado (mas pode dar certo!). Se não tentar, o que você deseja nunca vai acontecer.

O peso de um bom storytelling

Essa lição não pertence particularmente a um filme da Pixar, mas a todos eles! Um fator em comum de todos os longas e curtas dessa produtora é que eles se baseiam em histórias pessoais muito bem desenvolvidas.

O velhinho viúvo de Up – Altas Aventuras que deseja realizar o sonho da esposa. O carro de corrida que depende de veículos muito menos potentes para ser consertado e chegar à competição. O robô catador de lixo que acaba se apaixonando por uma robozinha muito mais avançada do que ele tecnologicamente. A menina durona (e um pouco rebelde) que precisa salvar a mãe de um destino trágico.

Esses e muitos outros exemplos de personagens complexos e bem concebidos mostram um pouco do processo de desenvolvimento das linhas de storytelling da Pixar. E é exatamente esse o elemento que faz com que o público desenvolva uma relação tão forte de identificação com os personagens e os filmes.

Para quem deseja conhecer mais do processo, Khan Academy desenvolveu um roteiro completíssimo com atividades para você trabalhar essa habilidade.

E você, já havia assistido aos filmes da Pixar através dos óculos do empreendedorismo, em busca das lições de inovação e criatividade? O que conseguiu aprender com eles? Agora, com esse ponto de vista em mente, você pode assistir de novo aos seus preferidos e extrair todo o caldo de aprendizado que esses filmes podem render.

Depois, compartilhe este post nas suas redes sociais e converse sobre esse assunto com seus amigos! Descubram essas lições juntos!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Taxa de Inscrição Vestibular Futuro Executivo

R$25,00

O Programa Futuro Executivo da Fappes Blox foi feito para te transformar. Ele diz respeito a uma graduação em Administração com uma série de benefícios para mudar suas atitudes, comportamentos, suas visões empreendedoras e de mundo! Está pronto para transformar sua vida?

Fazendo o Programa Futuro Executivo você tem direito a um curso no Canadá, na McGill University durante um mês! Um curso de inglês e sessões de Coaching também entram na lista VIP das inúmeras vantagens do Programa. Nós da Fappes Blox acreditamos que a educação vai além de um diploma. E você?