Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior - FAPPES | 0800 730 7766

No dia a dia, um empreendedor precisa lidar com uma série de tarefas e obrigações. Quanto menor a empresa, maior o volume de trabalho para uma mesma pessoa. Produzir, fazer as compras de materiais ou estoque, realizar pagamentos, fazer cobranças, organizar a logística e muitas outras atividades fazem parte da rotina de um empresário.

Nessa correria, muitos acabam negligenciando um fator que é vital para a longevidade e o crescimento da empresa: a visão de negócio. Apesar de ser um conceito muito falado nas faculdades de administração, não é todo mundo que sabe como defini-lo em sua empresa nem que importância ele tem.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre o tema? Então, venha com a gente, porque o nosso post está recheado de informações!

O que é visão de negócio?

A base do planejamento estratégico de qualquer empresa é composta por três conceitos relativamente simples: os valores, a missão e a visão empresariais. Os valores são os norteadores do comportamento organizacional na forma de conduzir seus negócios. Se a empresa tem a sustentabilidade como valor, por exemplo, pauta suas atividades em práticas menos prejudiciais ao meio ambiente.

A missão é o propósito da empresa, o motivo por que ela foi criada. Um exemplo pode ser servir com excelência em um determinado setor, ou oferecer soluções inovadoras para os clientes.

Já a visão é o conceito que aponta para o futuro. É na visão que o empresário expressa seu desejo de como quer ver a empresa daqui a dez ou quinze anos. Pode ser visão da empresa, por exemplo, ser referência no setor, dominar o mercado ou, ainda, internacionalizar seus negócios para outros dois continentes.

A visão é, portanto, uma forma de expressar os objetivos de longo prazo de uma organização.

Por que desenvolvê-la?

Você não tem como saber o caminho que precisa seguir se não sabe aonde deseja chegar. A visão é como se fosse o norte da bússola, orientando as escolhas organizacionais. Veja, nos próximos tópicos, por que elaborar esse conceito.

Direcionamento sobre aonde a empresa deseja chegar

Da mesma forma como é importante planejar para construir a carreira e saber qual patamar deseja atingir do ponto de vista individual, essa clareza também é imprescindível quando se trata de uma empresa. O conceito de sucesso é muito variável e, enquanto algumas organizações almejam aprimorar cada vez mais seus produtos e atender bem o seu nicho, outras desejam se tornar líderes de mercado.

Saber esse ponto de chegada é o que faz a diferença na hora de tomar as decisões. Só é possível saber qual é a melhor escolha se soubermos o parâmetro; afinal, “melhor” também é um conceito relativo — melhor para quem ou para quê?

Posicionamento no mercado

A visão também é uma ferramenta útil para posicionar a marca no mercado. Se a empresa deseja ser líder no segmento A+ daqui a dez anos, precisa começar a aparecer dessa forma para o mercado. E essa imagem é totalmente diferente, variando de acordo com o que a organização tem em vista para o seu futuro.

Por exemplo: uma empresa que tem como visão ser referência em cosméticos sustentáveis precisa fazer um trabalho muito diferente — tanto do ponto de vista de divulgação como do produtivo — daquela que deseja ser líder em inovação.

O posicionamento é uma postura organizacional que vai sendo construída ao longo de vários anos. E uma eventual mudança é sempre um movimento bem difícil, porque envolve mexer com conceitos que podem estar solidificados no imaginário dos consumidores. Por isso, já ter a visão de mercado clara é importante para construir um posicionamento consistente e coerente.

Melhoria do planejamento estratégico

O ponto-chave dos negócios está nas escolhas. A vida profissional e, principalmente, a rotina de um executivo, responsável pela tomada de decisões na empresa, é uma constante negociação entre duas ou mais opções. Sua meta é optar pelos melhores caminhos, que levarão a empresa mais longe.

No entanto, vale a antiga máxima: o “melhor” ou “mais longe” depende de quem você é, de onde está e qual é o seu objetivo de longo prazo. Ter esse horizonte, representado pela visão de negócio, auxilia na elaboração dos planos e das metas intermediárias.

Como desenvolver minha visão de negócio?

A visão é uma declaração que precisa motivar e envolver todos os funcionários da empresa. Para que ela seja vivida no dia a dia de trabalho e não seja só um amontoado de palavras escritas no papel (ou pendurada no hall de entrada da organização), as pessoas que fazem parte da empresa têm que abraçar a visão como um desafio próprio. Para isso, há alguns cuidados que precisam ser tomados.

Sonhe, mas seja realista

Não é errado dizer que a visão estratégica corresponde ao sonho da empresa, ao “chegar lá”. No entanto, é necessário considerar também a sua realidade atual. Ter como visão “ser líder do mercado internacional do setor” logo no primeiro ano de funcionamento pode ser ambicioso demais. O risco disso é as pessoas não “comprarem” a ideia e não se esforçarem para ela acontecer.

Em vez de estabelecer de cara o sonho de alcançar as estrelas, trace uma visão que seja possível de ser realizada em um período de, digamos, dez anos. Ao contrário da missão, que deve ser sempre a mesma, a visão pode ser ajustada com o passar do tempo.

Assim, quando um objetivo de longo prazo começar a ficar mais próximo, você pode ajustar a visão e levar esse horizonte um pouco mais para longe, apresentando um novo desafio à empresa e às equipes.

Envolva a equipe

Dificilmente uma empresa conseguirá se aproximar de sua visão se as pessoas que trabalham nela não estiverem comprometidas com esse objetivo. Mas, para conseguir esse engajamento, é preciso que as pessoas enxerguem por que elas deveriam fazer parte disso.

Reflita sobre o que os funcionários ganham ao trabalhar para que a empresa alcance o objetivo estabelecido. Se eles não estiverem conquistando nada do ponto de vista pessoal, talvez esteja na hora de repensar a sua estratégia, o papel de seus colaboradores e como envolvê-los mais no progresso da companhia, de modo que essa seja uma relação ganha-ganha.

Estude em uma instituição inovadora

A educação é muito importante em todo esse processo. Muitos empresários e empreendedores administram seus negócios sem essa importante perspectiva de futuro — e esse é o primeiro passo para que suas empresas acabem caindo no ostracismo em algum momento.

Fazer faculdade em uma instituição de ensino inovadora, que ensina a navegar por essa realidade em constante e rápida transformação e incentiva que o aluno seja mais protagonista de sua trilha de aprendizado, fornecerá as ferramentas para que o profissional consiga não só definir, mas implementar os planos na empresa.

Definir a visão de negócio é o primeiro passo para garantir que a sua organização será longeva e permanecerá relevante por muitos anos. Por isso, essa decisão estratégica precisa ser tomada com sabedoria e levando em consideração também os recursos humanos da empresa, seu principal ativo.

Gostou de saber mais sobre esse assunto? Ficou com alguma dúvida? Converse com a gente deixando seu comentário no post!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Taxa de Inscrição Vestibular Futuro Executivo

R$25,00

O Programa Futuro Executivo da Fappes Blox foi feito para te transformar. Ele diz respeito a uma graduação em Administração com uma série de benefícios para mudar suas atitudes, comportamentos, suas visões empreendedoras e de mundo! Está pronto para transformar sua vida?

Fazendo o Programa Futuro Executivo você tem direito a um curso no Canadá, na McGill University durante um mês! Um curso de inglês e sessões de Coaching também entram na lista VIP das inúmeras vantagens do Programa. Nós da Fappes Blox acreditamos que a educação vai além de um diploma. E você?