Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior - 0800 730 7766

As novas tecnologias e o desenvolvimento das indústrias culturais e criativas possibilitaram o surgimento de novos modelos de negócio e também novas profissões, como os digital influencers e os community managers.

Nesse contexto, muitos jovens começam a duvidar da necessidade de fazer faculdade. Afinal, graduação nenhuma ensina como construir um canal de YouTube de sucesso. Mas essa, na verdade, é uma visão limitada. As novas metodologias de educação também estão mudando a cara das graduações.

O curso universitário tem mais valor do que nunca, e no post de hoje, vamos explicar por que. Quer saber mais? Venha com a gente!

Por que fazer faculdade?

Se você já pesquisou sobre a graduação, com certeza viu que o ensino superior é uma experiência que vai muito além das aulas em si. Experiências em eventos organizados pela instituição, participar de projetos de extensão, empresas júnior, fazer estágios em laboratórios e outras vivências são tão importantes quanto o que você vai aprender nos livros.

Veja alguns dos motivos porque você deve, sim, fazer uma formação superior:

Ampliar os horizontes

A faculdade é um mundo. Naquelas horas em que você está ali — dentro de sala e também nos intervalos, quando encontra pessoas de outros períodos e cursos —, tem contato com mais conhecimentos do que em todo o restante do seu dia. E o melhor: informações totalmente confiáveis, adquiridas em fontes seguras.

O mais bacana é que essa absorção de conteúdos não se refere somente à sua área específica de formação. Como as contribuições são muitas e vêm de todos os lados, você acaba conhecendo coisas que nem imaginava que existiam — e, muitas vezes, são exatamente a solução que você precisava para resolver um problema cabeludo, ou vão lhe dar a ideia para um projeto sensacional no futuro.

Adquirir conhecimentos técnicos e teóricos

Todos nós sabemos que, quando entram na faculdade, os jovens estão mortos de vontade de partir logo para a ação e começar a atuar em seus campos profissionais. Essa parte do curso é muito desafiadora e divertida, mas um outro lado não deve ser esquecido: o conhecimento teórico que a faculdade proporciona.

Você pode achar bem chato ficar lendo textos e livros complexos. Mas saiba que são exatamente esses que serão o seu diferencial. Os profissionais mais valorizados no mercado são aqueles capazes de questionar aquilo com que não concordam e propor uma nova solução para as coisas. Para isso, você precisa ter bases sólidas e saber os princípios de como funcionam os processos da sua área — coisas que só os livros contam.

Maiores possibilidades no futuro

Quando entramos para a faculdade, temos a tendência de achar que estamos escolhendo o que faremos “para a vida toda”. Antigamente era assim, mas hoje isso já mudou muito. Cada vez mais pessoas decidem trocar de profissão, de especialidade e seguir um caminho diferente.

Um curso universitário permite que você faça esse tipo de troca mais facilmente, pois as chances de contratação de um profissional com nível superior, no Brasil, ainda são muito maiores.

Maior perspectiva salarial

Caso você decida trabalhar em uma empresa, em vez de ser um empreendedor, as perspectivas salariais para quem tem um diploma de graduação são muito melhores. O relatório Education at a Glance 2017, publicado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), mostrou que um profissional com grau superior no Brasil pode chegar a receber até 156% a mais que alguém que só tenha o ensino médio.

Faculdades estão se modernizando

Centros de ensino não conseguem acompanhar a velocidade das transformações sociais, em grande parte, pela própria burocracia que envolve a abertura de cursos e a mudança em suas grades de matérias. No entanto, as melhores faculdades já estão começando a apresentar novidades em seus sistemas de ensino para estarem mais alinhadas com a mentalidade atual.

O futuro da faculdade, que já está começando a ser construído agora, envolve mais protagonismo dos próprios alunos na definição de suas trajetórias acadêmicas, maiores possibilidades de escolha e a integração das tecnologias no próprio dia a dia do aprendizado.

Hoje em dia, já é possível começar a formar as profissões do futuro, como gestores de inovação e de comunidade e administração de negócios criativos, nas salas de aula do presente.

Nos cursos de audiovisual, por exemplo, já existem matérias para gravação e edição de vídeos com aparelhos móveis. E os cursos de administração já começam a ter disciplinas para ensinar gestão dos negócios criativos, metodologias como design thinking e marketing digital.

Por que você não faria faculdade?

Cursos são demorados

Um dos argumentos de quem vota contra a faculdade é dizer que quatro anos é tempo demais para estar sentado em uma sala de aula. No entanto, os cursos que duram quatro, cinco ou até seis anos são os bacharelados e as licenciaturas.

Mas há outras opções de graduações de nível universitário que podem ser feitas em menos tempo. Os tecnólogos têm duração de dois anos, e seu diploma tem a mesma validade de um bacharelado.

A área não exige diploma

Algumas áreas já tradicionais, como design, jornalismo, publicidade, e outras novíssimas, como gestão de mídias sociais e produção de conteúdo para web, não exigem diploma para que as pessoas exerçam a profissão.

No entanto, a maioria das empresas nem pensa em contratar algum profissional que não seja formado, por todos os motivos que já dissemos anteriormente. A formação universitária é muito mais que um pedaço de papel, e o mercado reconhece isso.

Falta de tempo para ir às aulas

Muitas pessoas que já trabalham encontram na falta de tempo a desculpa perfeita para não começar uma faculdade, afinal, trabalhar e estudar é um desafio grande. Bem, isso podia ser uma justificativa válida na década de 1990. Hoje em dia, com a educação a distância, a falta de tempo deixou de ser um motivo.

Diversas faculdades oferecem cursos totalmente ou parcialmente a distância, o que facilita a vida de quem não consegue ir às aulas todos os dias. O próprio aluno escolhe seu horário de aulas, as matérias que vai fazer e quando e quanto tempo pode se dedicar.

Conclusão: fazer ou não fazer?

Se você chegou até aqui, já percebeu que só há vantagens em fazer uma faculdade e nenhum motivo para não fazer, certo? Mas, se você ainda tem dúvida se vai encontrar alguma graduação que sirva para você, nossa dica é: em vez de procurar uma formação pronta, construa seu próprio percurso.

Escolha um curso que tenha áreas afins aos seus interesses. Se você deseja se tornar um coordenador de desenvolvimento de força de trabalho, por exemplo, pode entrar para uma faculdade de recursos humanos. Uma vez lá, busque matérias que desenvolvam as capacidades que você precisará em sua futura vida profissional.

Além disso, leve em consideração também seu estilo de vida. Se você já publica vídeos, tem um canal no YouTube e vários seguidores no Instagram, faz pouco sentido você entrar para uma faculdade de engenharia. Por outro lado, pode começar um curso de comunicação, para aprender as estratégias para seus canais, ou um de administração, para saber como fazer a gestão dos seus rendimentos.

E agora, depois de ler todos esses motivos que apresentamos, você acha que deve fazer faculdade ou não? Comente no post, dê sua opinião!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Taxa de Inscrição Vestibular Futuro Executivo

R$25,00

O Programa Futuro Executivo da Fappes Blox foi feito para te transformar. Ele diz respeito a uma graduação em Administração com uma série de benefícios para mudar suas atitudes, comportamentos, suas visões empreendedoras e de mundo! Está pronto para transformar sua vida?

Fazendo o Programa Futuro Executivo você tem direito a um curso no Canadá, na McGill University durante um mês! Um curso de inglês e sessões de Coaching também entram na lista VIP das inúmeras vantagens do Programa. Nós da Fappes Blox acreditamos que a educação vai além de um diploma. E você?