Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior - FAPPES | 0800 730 7766

Você certamente abre o Facebook e o Instagram várias vezes por dia, tem seus canais favoritos no YouTube, aos quais assiste sempre, e de vez em quando entra no Twitter. Mas você já imaginou o que significa fazer um uso profissional dessas ferramentas e como elas podem potencializar um negócio?

O Marketing Digital tem sido a aposta de diversas empresas, desde as pequenas até as gigantes multinacionais. Em muitos casos, é o que abocanha a maior parte do orçamento de promoção e relacionamento com o cliente. Por isso, é fundamental conhecer esse campo a fundo.

A sua universidade tem matérias voltadas para esse assunto? Veja o que é importante aprender desde já para saber navegar no mercado atual!

O Marketing Digital e o mercado de trabalho

Atualmente, o Marketing Digital é uma das disciplinas mais cobradas pelo mercado. O crescimento do mercado publicitário digital tem estado em uma curva crescente desde o início desta década no mundo inteiro.

De acordo com uma análise da consultoria eMarketer, em 2017, nos Estados Unidos, os investimentos para mídias digitais ultrapassará as verbas destinadas aos anúncios em TV. Já segundo a consultoria PwC, as verbas em publicidade digital tendem a crescer 12% ao ano até, pelo menos, 2019.

No Brasil, o cenário é ainda mais otimista. Por aqui, a TV ainda é o grande destino da maior parte da verba para publicidade. Mas o Marketing Digital veio para ficar, o que significa que a tendência é que os meios tradicionais continuem a perder espaço e as verbas sejam mais direcionadas para o universo online.

Com uma demanda tão grande, é lógico pensar que haverá mais oferta de trabalho para profissionais que saibam trabalhar com esse tipo de mídia. E essa lógica está certíssima! O Marketing Digital é, definitivamente, uma das profissões do futuro.

No momento em que escrevemos este post, somente no Site Nacional de Empregos (Sine), havia 344 vagas abertas para Analista de Marketing Digital pelo país. Além disso, o perfil de quem trabalha na área também é um fato interessante: 62% desses profissionais têm idades entre 18 e 33 anos, segundo a consultoria Conversion.

O papel do MEC

O mais surpreendente diante desse cenário é ver que muitas faculdades ainda não oferecem disciplinas específicas de Marketing Digital em seus cursos de graduação. Nem sempre, porém, isso é culpa dos centros de ensino.

Embora o Marketing Digital já faça parte do cotidiano de marcas, empresas e consumidores, as regras do Ministério da Educação para as instituições de ensino superior dificultam a oferta de novas cadeiras nas grades dos cursos e a criação de novas graduações.

Mas isso não anula o fato de que esse é um conteúdo fundamental para os alunos aprenderem o quanto antes. E melhor ainda se for dentro da própria faculdade, um lugar de informações confiáveis e onde os professores estão à disposição para esclarecer dúvidas, orientar debates e até criar eventos para pôr em prática os conteúdos.

Como a universidade deve se adequar

Ao contrário de outras áreas, como medicina, arquitetura e biologia, nas quais os conhecimentos são consolidados e os avanços são mais lentos, a realidade da internet muda todos os dias.

O que você fazia em 2016 já não é a melhor prática em 2017. Ou seja, os conteúdos oferecidos sobre o assunto nas universidades serão sempre diferentes de um ano para o outro, e até de um semestre para o outro.

Quer um exemplo? Dez anos atrás, a rede social que bombava era o Orkut. Hoje em dia, as pessoas se lembram dessa rede social como uma relíquia da internet. O uso comercial da plataforma não chegou a ser tão expressivo — ao contrário das redes sociais atuais, que movimentam bilhões de dólares por ano em todo o mundo.

Portanto, mais importante que ensinar sobre ferramentas específicas, que certamente vão morrer com o tempo, é a universidade manter-se atualizada a respeito das linguagens e das formas de interação digitais. Esses são os princípios que norteiam não só as relações entre as pessoas, mas também as ligações delas com as marcas e as empresas.

É importante que o curso superior em Marketing Digital ensine os alunos a lerem as entrelinhas e captarem a essência do que está por trás dos diálogos em si. Dessa forma, independentemente da plataforma que esteja em alta no momento, o profissional terá as ferramentas para entender qual a melhor forma de posicionar a empresa nessa realidade e obter os melhores resultados.

Como fazer isso na prática

Algumas instituições de ensino têm encontrado soluções criativas para driblar as dificuldades relativas à oferta de matérias de Marketing de Conteúdo. Nos Estados Unidos, alguns dos maiores colleges e algumas das mais renomadas universidades têm apostado na oferta de material extra em videoaulas.

A Fappes possui um curso tecnólogo em Marketing, que abrange de forma bastante completa os principais assuntos da parte digital. Por ser um curso de dois anos — mais ágil que um bacharelado —, os conteúdos ainda estão atualizados quando os alunos se formam, os quais têm mais capacidade para enfrentar o mercado de trabalho.

Habilidades de um profissional de Marketing Digital

Para se dar bem e construir uma carreira nessa área, você precisa estar sempre muito atento ao que está acontecendo ao seu redor. Veja algumas das principais características que esse profissional deve ter:

Heavy user de internet

Não adianta você querer ser Analista de Marketing Digital e não ter a mínima familiaridade com as plataformas, as linguagens e as ferramentas. É preciso conhecer os ambientes digitais e saber transitar por eles.

Proatividade

O trabalho com o meio digital exige rapidez de raciocínio e de ação. As respostas aos clientes devem ser rápidas, antes que o momento passe e comecem a surgir interações indesejadas. Como Analista de Marketing Digital, caberá a você tomar as decisões e fazer o que for melhor em cada momento.

Curiosidade e sede de aprendizado

Se o ambiente digital muda todos os dias, trabalhar nele significa sempre ter que aprender a andar por caminhos novos. Para se dar bem nessa área, não se pode ter preguiça de aprender. E também precisa ter curiosidade para entender as mudanças e saber como adaptar-se a elas.

Empatia

Você precisará pensar com a cabeça do seu cliente para entender a melhor forma de se comunicar com ele. E isso só é possível colocando-se no lugar da outra pessoa.

Pensamento analítico

Não basta só saber interagir bem com o público para ser um bom gestor de Marketing Digital. Você também precisa entender como medir os resultados para ajustar o curso das suas ações. Coleta de dados, análise e produção de relatórios são atividades que farão parte do seu dia a dia de trabalho.

Agora que você entendeu um pouco mais sobre onde entra o Marketing Digital nas grades curriculares das faculdades, que tal compartilhar este post em suas redes sociais? Converse com seus amigos e veja o que eles também sabem sobre o assunto!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Taxa de Inscrição Vestibular Futuro Executivo

R$25,00

O Programa Futuro Executivo da Fappes Blox foi feito para te transformar. Ele diz respeito a uma graduação em Administração com uma série de benefícios para mudar suas atitudes, comportamentos, suas visões empreendedoras e de mundo! Está pronto para transformar sua vida?

Fazendo o Programa Futuro Executivo você tem direito a um curso no Canadá, na McGill University durante um mês! Um curso de inglês e sessões de Coaching também entram na lista VIP das inúmeras vantagens do Programa. Nós da Fappes Blox acreditamos que a educação vai além de um diploma. E você?