Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior - 0800 730 7766

Quando pensam em futuro, vem à mente da maioria das pessoas profissões como engenheiro aeroespacial, gestor de presença digital e analista de comunidades. Uma profissão, no entanto, também está nessa lista, mas costuma ser pouco lembrada: ser professor.

Os cursos a distância chegaram e poderiam representar uma ameaça a esses profissionais. Porém, mesmo com essa tecnologia, ficou comprovado que a figura do mestre não poderá ser substituída tão cedo — talvez nunca!

No post de hoje, mostramos alguns pontos que fazem da pedagogia uma profissão do hoje e do amanhã. Quer saber mais? É só ler o post!

Pedagogia não é só ser professor do ensino infantil

Antigamente, o horizonte do aluno formado em pedagogia era restrito às salas de aula, ensinando crianças no ensino infantil. Para quem gosta de trabalhar com os pequenos e tem aí sua vocação, isso é ótimo. O problema é que essa visão excluía diversos perfis possíveis da pedagogia.

Felizmente, essa realidade mudou muito, e atualmente as possibilidades de atuação são diversas! De acordo com as regulamentações do próprio Ministério da Educação (MEC), o currículo dos cursos de pedagogia de hoje deve contemplar matérias de três frentes diferentes.

O aluno sai da faculdade habilitado para trabalhar com educação infantil (crianças de 2 a 5 anos de idade), educação fundamental (crianças dos 6 aos 14 anos) e também na gestão de instituições de ensino, como creches, escolas e até faculdades. Ou seja, mesmo quem não se identifica muito com a realidade das salas de aula tem possibilidades de atuação dentro do universo da educação.

As diferentes vertentes

Além das possibilidades de que já falamos, a pedagogia está saindo das escolas e extrapolando para outros campos. Vamos ver onde é possível atuar sendo formado nessa especialidade:

Área hospitalar

Algumas doenças graves exigem que o paciente fique internado por semanas — até meses — para seu tratamento. Quando esse paciente é uma criança, além do problema da saúde, é preciso lidar também com a dimensão escolar. O afastamento das aulas e dos conteúdos por tanto tempo certamente interfere no rendimento e pode fazer esse aluno perder todo o ano letivo.

O papel do pedagogo no âmbito hospitalar é fazer o acompanhamento desses pacientes, para que eles consigam se manter em dia com os conteúdos da escola. Dessa forma, depois de recuperados, eles poderão retomar seus estudos normalmente, sem comprometer a série em que estão matriculados.

Educação inclusiva

Crianças com necessidades especiais exigem um tratamento que lhes permita acompanhar as aulas e os conteúdos da escola em pé de igualdade com os demais alunos. Atualmente, a tendência é pela inclusão desses alunos nas escolas ditas “normais”.

Mas, para que essa inserção seja um sucesso e o aluno consiga, de fato, absorver os conhecimentos e se relacionar bem com os colegas de turma, é necessário que um pedagogo faça o acompanhamento de todo o processo. O profissional saberá entender as necessidades específicas da criança, orientar os professores para supri-las e preencher as lacunas para que esse aluno tenha oportunidades iguais às dos colegas.

No contexto empresarial

Foi-se o tempo em que concluir a faculdade era sinônimo de ingresso em uma carreira de sucesso. Hoje em dia, é preciso manter-se em constante atualização e nunca deixar de aprender. Por isso, muitas empresas investem em programas internos de capacitação, treinamentos e reciclagens.

O pedagogo, nas empresas, tem a tarefa de organizar essa dimensão da organização. É dele o trabalho de planejar esses cursos, os programas e seus materiais. Esse profissional também atua na orientação dos demais colaboradores da empresa, potencializando suas competências, estimulando melhores resultados e impulsionando mudanças comportamentais dentro da organização.

Lançamento de infoprodutos

Os infoprodutos são materiais informativos em formato digital. E-books, relatórios de pesquisas veiculados online, infográficos digitais, webinars e cursos online são alguns exemplos que se encaixam nessa categoria.

Os pedagogos têm as competências para criar esses materiais. Se a pessoa tiver perfil empreendedor, ela pode até transformar isso em um negócio e viver exclusivamente desse trabalho. Ou, se preferir, pode trabalhar em uma empresa ou instituição de ensino responsável pela elaboração desses conteúdos.

Carreira militar

Quem acha que a pedagogia e a carreira militar são dois universos que não combinam está bem equivocado. Um dos pilares da carreira militar é o treinamento e o aprendizado constantes. Nesse sentido, os pedagogos têm um papel muito importante.

Esses profissionais atuam na elaboração e na implementação de projetos, como recepção de alunos, coordenação de turmas, formação de instrutores e seleção. Além disso, podem também trabalhar na elaboração e aplicação de provas e avaliações e no acompanhamento dos profissionais, de modo a orientá-los para explorar o máximo de seu potencial.

Pesquisa

Com tantas novas frentes de atuação, abre-se também a necessidade de entender melhor o papel do professor nesses contextos e de que outras formas ele pode contribuir para esses ambientes. Assim, o campo da pesquisa científica na área da pedagogia também se favorece com esse leque mais amplo de atuação dos profissionais.

O professor do futuro

Até a atuação mais tradicional do campo da pedagogia — as salas de aula — se modernizou nos últimos anos. Hoje em dia, o professor precisa saber lidar com novas tecnologias, entender que elas não são uma ameaça, mas aliadas do processo de ensino, e introduzir novas ferramentas para motivar seus alunos e aprofundar ainda mais a apresentação dos conteúdos.

Os alunos de hoje não são mais motivados pelo modelo tradicional de ensino. Portanto, o professor precisa inovar e encontrar outras formas de engajá-los. Grupos de discussão em redes sociais, sala de aula invertida, games educativos e módulos digitais para partes suplementares da matéria são algumas das possibilidades que o professor pode incorporar a suas aulas.

Essa realidade faz com que o papel do professor fique cada vez mais dinâmico, tornando-o uma figura sempre indispensável. Além disso, quanto mais experiência tem, mais esse profissional é valorizado, o que se reflete em melhor remuneração, mais prestígio e maiores possibilidades de atuação.

Ser professor é uma das atividades mais nobres do mundo, e uma profissão muito valorizada em países que dão alto valor à educação, como Japão e Coreia do Sul. Aqui no Brasil, as possibilidades estão se ampliando, e o leque de possibilidades de atuação permite abarcar cada vez mais perfis profissionais.

Você consegue se enxergar trabalhando como professor ou em algum outro campo de atuação que mostramos hoje? Então não perca tempo: conheça agora mesmo a licenciatura em pedagogia da Fappes e comece já a se qualificar para ocupar esses espaços!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Taxa de Inscrição Vestibular Futuro Executivo

R$25,00

O Programa Futuro Executivo da Fappes Blox foi feito para te transformar. Ele diz respeito a uma graduação em Administração com uma série de benefícios para mudar suas atitudes, comportamentos, suas visões empreendedoras e de mundo! Está pronto para transformar sua vida?

Fazendo o Programa Futuro Executivo você tem direito a um curso no Canadá, na McGill University durante um mês! Um curso de inglês e sessões de Coaching também entram na lista VIP das inúmeras vantagens do Programa. Nós da Fappes Blox acreditamos que a educação vai além de um diploma. E você?