Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior - FAPPES | 0800 730 7766

Você provavelmente já deve ter passado pela situação de ficar sentado por horas em frente à sua mesa de estudos e sentir que não conseguiu aprender nada, não é mesmo? A causa desse problema é a falta de estratégias para aumentar sua concentração e rendimento.

A produtividade nos estudos não depende apenas do tempo dedicado a eles, e sim dos métodos utilizados. De nada adianta, por exemplo, ler o mesmo livro por horas seguidas se você não conseguir absorver as informações, pois, no final das contas, isso será apenas uma perda de tempo.

Para ajudar você a alcançar melhores resultados, confira a seguir algumas técnicas que podem ser aplicadas aos estudos para aumentar a sua produtividade!

1. Organize e execute suas tarefas

A falta de organização é um dos maiores empecilhos à produtividade nos estudos. Por isso, o primeiro passo para aumentar seu rendimento é adotar métodos para organizar suas tarefas.

A técnica Getting Things Done (GTD), criada por David Allen, é uma das mais famosas para aumentar a produtividade em qualquer atividade. Ela consiste em transferir o foco da tarefa como um todo para suas partes específicas.

Toda atividade — e isso inclui os estudos — é composta por partes. Quando focamos apenas no “todo”, deixamos de organizar o cumprimento das partes, gerando uma grande perda de tempo. Para evitar que isso aconteça, o método GTD propõe a criação de uma lista com todas as divisões de uma tarefa, de modo que você consiga se concentrar em cada uma delas individualmente.

Vamos exemplificar da seguinte forma: você precisa estudar uma quantidade específica de matérias para a faculdade. Existem diversas formas de dividir seus estudos: ler livros, fazer exercícios, pesquisar na internet, fazer anotações, entre outras. Se você não colocar todas essas tarefas no papel e se organizar para cumpri-las, vai acabar gastando uma quantidade enorme de tempo apenas “pensando no que fazer”, e não “fazendo” de fato.

Ao aplicar o método GTD nos estudos, você primeiramente vai colocar todas as tarefas em um papel (o que é chamado de “caixa de entrada”) e verificar quais delas têm mais urgência (como um trabalho acadêmico, por exemplo) ou consome menos tempo. Essa lista de tarefas deve ser simples e sucinta.

Feito isso, você passa a executar as tarefas concretamente e na ordem disposta. A ideia aqui é justamente colocar suas atividades em prática, sem perder mais tempo “pensando no que fazer”. Daí vem o nome “Getting Things Done”.

2. Alterne entre diversas formas de estudo

Como já mencionamos no tópico anterior, existem diversas formas diferentes de aprender. Para garantir uma boa produtividade nos estudos, você deve alternar esses meios para que eles se complementem e não se tornem enfadonhos.

Um exemplo disso é: tente começar fazendo uma rápida revisão dos tópicos passados em sala de aula. Depois, faça uma leitura mais aprofundada sobre o assunto em livros e apostilas. Tente também fazer pequenas anotações durante a leitura para marcar pontos importantes. Feito isso, tente resolver alguns exercícios para medir o seu desempenho nos estudos.

Não se esqueça de alternar também entre as disciplinas, pois essa é uma forma de trabalhar sua memória, além de ajudar a fixar as matérias estudadas. Para obter melhores resultados, você deve usar um dia específico da semana para revisar tudo que foi estudado até o momento e resolver exercícios sobre todos os assuntos, corrigindo-os por conta própria para avaliar seu conhecimento.

3. Faça pausas intercaladas

Mesmo ao variar as formas de estudo, você inevitavelmente vai acabar se cansando em algum momento. Se isso acontecer, seu cérebro vai perder boa parte da capacidade de reter o conteúdo, prejudicando a produtividade nos estudos.

Para evitar que isso aconteça, o ideal é fazer pequenas pausas após longos momentos de estudo. O Método Pomodoro, elaborado por Francesco Cirillo, prega exatamente isso: dividir qualquer atividade em intervalos de tempo intercalados com momentos de descanso.

Nomeado em homenagem ao famoso cronômetro de cozinha em formato de tomate, essa é uma técnica muito utilizada nos estudos para otimizar o rendimento. A ideia aqui é estudar ininterruptamente por 25 minutos e descansar por 5, repetindo o processo posteriormente. Após 4 pomodoros — ou seja, 2 horas de estudo — você deve fazer uma pausa de 30 minutos.

A técnica pomodoro é comprovadamente eficaz para aumentar a concentração e a produtividade em diversas tarefas. Isso acontece porque permite que o cérebro não se sobrecarregue. As pausas servem como uma recompensa pelo longo período de atividade.

Apesar de o tempo padrão do pomodoro ser de 25 minutos de atividade e 5 de descanso, você pode alterar a técnica para adaptá-la ao seu perfil, já que algumas pessoas conseguem se concentrar por períodos muito mais longos.

4. Use aplicativos para aumentar a produtividade nos estudos

Se você tem dificuldades em se concentrar e acaba perdendo o foco diante de qualquer distração, não se preocupe! Hoje em dia, existem diversos aplicativos para celular que ajudam a manter o ritmo e a organização nos estudos.

Caso o problema seja as diversas distrações provocadas pelas redes sociais e chats no celular, você pode usar o Flipd ou o Offtime para bloquear notificações e a utilização de certos aplicativos, como Facebook, WhatsApp ou Instagram. Dessa forma, sua concentração não será mais interrompida pela tentação de usar o celular.

Já se a sua dificuldade é na organização, você pode usar aplicativos como Evernote, Trello ou até mesmo a própria agenda do celular para criar uma rotina, definindo todas as matérias que você precisa estudar a cada dia e as tarefas que precisam ser cumpridas.

Existem também diversos aplicativos que simulam o cronômetro pomodoro para que você consiga intercalar os momentos de descanso com os de estudo. Se você usa o computador, existem extensões para os navegadores capazes de bloquear distrações. Use tudo isso ao seu favor para aumentar a produtividade e alcançar grandes resultados.

5. Crie um cronograma com metas e recompensas

A partir do momento em que você já sabe como organizar suas tarefas de modo eficaz, é importante também pensar a longo prazo para não perder o foco. Por isso, a criação de um cronograma é essencial para manter a produtividade nos estudos.

Você deve definir uma rotina fixa de aprendizado, estabelecendo exatamente quais serão as disciplinas a serem estudadas, o tempo dedicado a elas e as tarefas complementares. Lembre-se de ser realista, pois não é possível definir um tempo de estudo maior do que o disponível na sua agenda, principalmente para quem trabalha e faz faculdade.

É preciso também estabelecer metas e recompensas para se manter motivado. Por exemplo, ao alcançar um determinado tópico de uma disciplina ou conseguir resolver uma quantidade específica de exercícios ao final de cada semana, você pode se presentear com alguma recompensa, como sair com os amigos, ir ao cinema ou ter um tempo maior de descanso.

Caso você tenha dificuldades ao longo da sua jornada de estudos e perceba que a produtividade está caindo, não hesite em buscar a ajuda da faculdade. As melhores instituições atuais oferecem um serviço de coaching para ajudar o estudante a se planejar e aumentar o rendimento.

Lembre-se sempre de que o aprendizado não depende apenas de tempo mas também de organização. A partir do momento em que você colocar esses métodos em prática, sua produtividade nos estudos vai aumentar exponencialmente e grandes resultados serão rapidamente alcançados!

Se você gostou das nossas dicas, compartilhe este post nas suas redes sociais para que elas também possam ajudar outros estudantes!

 

Este post tem um comentário

  1. Muito boas suas dicas, estou precisando me concentrar na minha pós, vai me ajudar muito! Grato!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Taxa de Inscrição Vestibular Futuro Executivo

R$25,00

O Programa Futuro Executivo da Fappes Blox foi feito para te transformar. Ele diz respeito a uma graduação em Administração com uma série de benefícios para mudar suas atitudes, comportamentos, suas visões empreendedoras e de mundo! Está pronto para transformar sua vida?

Fazendo o Programa Futuro Executivo você tem direito a um curso no Canadá, na McGill University durante um mês! Um curso de inglês e sessões de Coaching também entram na lista VIP das inúmeras vantagens do Programa. Nós da Fappes Blox acreditamos que a educação vai além de um diploma. E você?