Preparação para o Módulo Internacional do Programa Futuro Executivo 2015

By Comunicacão FAPPES 2 anos ago

Neste mês de julho a próxima turma do Programa Futuro Executivo irá para o Canadá. Seus veteranos contam como a viagem mudou suas vidas, confira:

Em julho de 2014, a primeira turma de estudantes do Programa Futuro Executivo estava partindo para Montreal, no Canadá, graças a uma parceria inédita com a McGill University, uma das mais conceituadas universidades de Negócios do Canadá e do mundo. Agora, um ano depois, conversamos com alguns deles para saber se o intercâmbio realmente mudou suas vidas.

“Me sinto um cara diferente, uma pessoa com uma outra visão de mundo, o que eu quero da vida mudou bastante depois da viagem, além de ter agregado muito conhecimento, maturidade, e as oportunidades que abriram no mercado de trabalho”, conta Luiz Felipe da Silveira, atualmente no 5º semestre do Programa Futuro Executivo.

Depois do módulo internacional, Luiz Felipe passou em algumas seleções de programas de estágio, incluindo de grandes empresas, como o Itaú e a Nestlé. Mesmo assim, Luiz manteve-se no seu emprego no Hospital São Luiz, onde ele afirma ser um local muito promissor para a carreira, principalmente após sua experiência internacional.

O aluno Futuro Executivo afirma que o sucesso é uma via de mão dupla: “de certa forma, a viagem mudou minha vida, mas não foi só isso que alavancou minha carreira. É um processo do meu esforço, juntamente com as ferramentas que a FAPPES me proporcionou. Eu fui para o Canadá e dei 100% de mim”, explica.

Diferentemente do Luiz, a aluna Juliana Souza encontrou o emprego de seus sonhos após a viagem: “hoje me sinto realizada, consegui um emprego muito bom, que tanto sonhava. Eu almejava crescer, ter oportunidades grandes e foi isso que comecei a alcançar através do Módulo Internacional”, conta Juliana, que passou no processo seletivo da Bayer há poucos meses.

Ela ainda afirma que não esperava que o sucesso chegaria tão rápido. “Com 22 anos, nunca pensei que pudesse entrar em uma multinacional. E a Bayer acreditou muito em mim, não só pelo fato de eu ter ido pro Canadá, mas também porque eu consegui mostrar pra eles que valia a pena me terem lá dentro”.

O conceito inovador de graduação transnacional está prestes a se concretizar novamente, com a próxima turma, que partirá para o Canadá no próximo dia 13 de julho. Aguardem novidades!

 

Por Luiza Caricati 

Category:
  historico

Comente

Your email address will not be published.