Sala de aula invertida: entenda o que é para estudar melhor

By Comunicacão FAPPES 3 meses ago

Não há como negar: em geral, passamos toda a nossa vida escolar passivamente, como se fôssemos um recipiente em que são depositados conhecimentos pelo professor. Além de ser entediante, esse modelo tradicional de ensino limita as nossas possibilidades de aprendizagem. Uma metodologia educacional inovadora e eficiente, capaz de modificar esse contexto engessado é a sala de aula invertida. Já ouviu falar dela?

A sala de aula invertida é justamente o foco deste texto, no qual mostraremos a você o quanto esse formato de ensino e aprendizagem vale a pena. Com o intuito de que você entenda a importância da sala de aula invertida para os seus estudos, explicaremos a configuração, o funcionamento, o tipo de potencialização da aprendizagem, a relevância da tecnologia e as vantagens que esse modelo educacional traz para @s alun@s.

O que é sala de aula invertida?

Embora a expressão sala de aula invertida possa sugerir a modificação física dos elementos estruturais que compõem uma classe, não é disso que se trata. Muito pelo contrário: quadro, mesas e cadeiras continuam em seus mesmos lugares. Na verdade, esse novo formato educacional tem como base a alteração das dinâmicas de ensino e aprendizagem, colocando @s alun@s no centro de todo o processo.

Também conhecida como flipped classroom, a sala de aula invertida consiste em um método educacional em que as relações estabelecidas entre os objetos de aprendizagem, os professores e as professoras, @s alun@s e a forma de construir conhecimento são modificadas. Nesse novo formato, @s alun@s passam a protagonizar o processo, tendo um papel ativo no modo como aprendem.

Assim, se no modelo tradicional @s estudantes vão para a sala de aula receber os conteúdos das matérias dos professores para, em suas casas, fazer as leituras solicitadas e resolver os exercícios propostos, nessa nova configuração a lógica se inverte. Na sala de aula invertida, el@s constroem de modo autônomo os conhecimentos em casa, indo ao ambiente acadêmico para expandi-los.

Essa nova dinâmica faz com que @s alun@s desenvolvam mais autonomia na hora de estudar, tornando-se tão responsáveis pela sua aprendizagem, quanto @s docentes pelas disciplinas. A sala de aula invertida otimiza o contexto acadêmico, estabelecendo-o como o espaço de construção colaborativa do conhecimento em que @s estudantes e @s professor@s interagem para ampliar a aprendizagem.

Trata-se de um modelo de ensino e aprendizagem inovador, que mescla o que há de mais eficiente nas teorias que explicam, descrevem e preveem como as pessoas constroem conhecimentos com o uso de recursos tecnológicos disponíveis para aprender. Na sala de aula invertida, @s estudantes têm a oportunidade de dar significado à própria aprendizagem, tornando-a mais produtiva.

Como a sala de aula invertida funciona?

Em uma sala de aula invertida, @s alun@s têm acesso previamente aos conteúdos que serão abordados pel@s professor@s, por meio de recursos tecnológicos, como plataformas virtuais de aprendizagem. Em geral, o material disponibilizado pel@s docentes visa inteirar @s estudantes sobre o assunto tratado, trazendo conceitos, principais características, exemplos e exercícios resolvidos.

De posse desse material, @ alun@ é capaz de construir de forma autônoma os conhecimentos básicos sobre a matéria que está sendo trabalhada, o que tende a gerar dúvidas e também a levar à curiosidade de saber mais. Já nos momentos em que está com @s outr@s estudantes e professor@s, el@ tem a chance de discutir o que aprendeu com suas atividades em casa, reorganizando e aumentando o seu conhecimento.

Dessa maneira, em casa, @s alun@s se preparam a partir da indicação de material feita pel@s docentes. No ambiente escolar, por outro lado, el@s refletem conjuntamente sobre os conhecimentos prévios que construíram de forma individual — atividade que é muito mais significativa e útil do que as tarefas desenvolvidas no modelo de ensino e aprendizagem tradicional.

Por que a sala de aula invertida potencializa a aprendizagem?

Não é de hoje que os teóricos da educação atentam para a importância do desenvolvimento da autonomia pel@s estudantes, da implementação da cultura de aprender e da primazia da aprendizagem significativa. Por ser uma metodologia de ensino e aprendizagem ativa, a sala de aula invertida possibilita colocar em prática atividades fundamentadas nesses três pilares.

Em consequência disso, a aprendizagem d@s alun@s imersos nesse modelo educacional é potencializada. Ao se anteciparem no contato com conhecimentos prévios sobre as matérias abordadas e usarem o espaço residencial para fazer exercícios, por exemplo, el@s otimizam sua aprendizagem, o que possibilita maior construção de conhecimento de maneira relevante aos objetivos educacionais.

Que papel tem a tecnologia na sala de aula invertida?

Não existem dúvidas: a tecnologia chegou para ficar, estando presente em todos os segmentos sociais. E isso não é diferente no contexto educacional, que, cada vez mais, utiliza recursos tecnológicos para propiciar a aprendizagem d@s alun@s. Na sala de aula invertida, a tecnologia tem um papel essencial, já que serve como um meio para direcionar a construção dos conhecimentos d@s estudantes.

É comum que, nesse formato educacional, seja utilizada uma plataforma virtual de aprendizagem — espaço online em que são disponibilizados materiais para que @s alun@s construam seus conhecimentos prévios. Geralmente, são postados textos em PDF, aulas em vídeo, exercícios e outras mídias que contenham informações de credibilidade e relevância para a temática estudada.

Quais as vantagens da sala de aula invertida para @s alun@s?

Se comparada ao formato tradicional de ensino e aprendizagem, a sala de aula invertida proporciona vários benefícios para @s estudantes. Em termos comportamentais, esse modelo possibilita que @s alun@s organizem tanto seu tempo quanto seu local de estudo em conformidade com sua disponibilidade, inclusive, levando em consideração as melhores condições físicas e cognitivas para construir os conhecimentos.

Além disso, como essa nova configuração prioriza @s alun@s como protagonistas do processo, ela dá a el@s vantagens competitivas até mesmo no mercado de trabalho, uma vez que terá construído conhecimentos mais sólidos e significativos ao longo de sua formação. Também a habilidade de autonomia será um diferencial em seu perfil profissional.

Outra vantagem inegável da sala de aula invertida é que ela afasta o tédio — característica típica do formato educacional comumente praticado. Como esse novo modelo prioriza @ estudante como protagonista do processo, colocando o professor ou a professora como mediador ou mediadora, a forma como a interação entre el@s é feita será sempre dinâmica.

O conteúdo foi útil para você? Então aproveite para seguir a gente nas redes sociais e acompanhar as nossas novidades! Estamos no Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn e Pinterest.

Categories:
  Faculdade, Metodologia Ativa, Sala de Aula Invertida

Comente

Your email address will not be published.